quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Resenha Relações de Sangue






Descobri o trabalho de Martha Argel nas minhas andanças pelos blogs sobre livros e sites de editoras. Desde então me senti fascinado pelas suas sinopses e fascinado por Relações de Sangue, principalmente quando li um trecho disponível no site da autora; mas como o livro não estava sendo facilmente encontrado para venda, esperei, e, quando vi que ele seria reeditado fiquei extasiado por saber que, enfim, poderia lê-lo.
O livro conta a história de Maria Clara, Clarinha, para os íntimos; que tem a vida virada pelos ares quando sua amiga, e vampira, Lucila, pede-lhe ajuda para encontrar o responsável pela onda de crimes que rodeia as “clientes” do vampiro Daniel. O que leva Clara a fazer coisas que a coloca em sérios riscos e intensa fascinação.
O enredo é altamente viciante e faz você ficar preso desde o primeiro parágrafo ao último; ele apresenta tudo o que um romance fantástico tem que ter: personagens bem estruturados, situações bem exploradas e reviravoltas surpreendentes.
Todo o mistério que você pensa ter solucionado ao atingir um bom índice de leitura do livro você vê tomar um rumo diferente, inesperado e de tirar o fôlego — não se trata de uma frase pronta que vemos em resenhas por ai, é a pura realidade, cada decisão que Clara é posta a tomar pode lhe trazer riscos em meio a um perigo excruciante. Além, de ter um final para o “vilão” que sempre desejamos ler. (Além dos vampiros da história ser “vampiros reais”, que vivem à margem da sociedade tentando permanecerem desconhecidos e de certa forma a salvo, que tomam o sangue de humanos e que mesmo estando interessados neles essa necessidade pode ser mais vital.)
Esse livro precisa estar nas prateleiras de que quem gosta de uma ficção bem escrita, com mistério, sobrenatural e o que o homem tem como maior ponto fraco — o prazer pelo desconhecido.
O livro é escrito em uma linguagem única: bela e próxima; sem rodeios e os diálogos “internos” da narradora são intensos e divertidos.

~~~~


Para ler um capítulo de Relações de Sangue clique aqui; para ler sinopse e dados do livro clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário